FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

Honremos a bíblia mosaica, mas sigamos a cristã em nada judaica


Criou-se uma mentalidade errada de que até uma vírgula na Bíblia é de autoria de Deus. Assim ensinava a Igreja no passado. Hoje, são nossos irmãos evangélicos que, em sua maioria, ainda assim pensam.

No princípio, a Bíblia só existia oralmente, de pais para filhos. E como era 1 para cada 10.00 pessoas que sabia ler, não era tão importante que ela existisse também por escrito, a não ser como um documento. Devemos a Bíblia Católica a são Jerônimo, que escolheu e traduziu os livros que a formam, ou seja, a Vulgata Latina. São 46 livros do Velho Testamento e 27 do Novo. A Bíblia dos protestantes e evangélicos só tem, no Velho Testamento, 39 livros. É que Lutero tirou 7 deles, seguindo a Bíblia Judaica, que só tem o Velho Testamento e com 39 livros.

A Bíblia tem um conjunto de leis humanas ou mosaicas e um de leis divinas ou naturais. As mosaicas só valeram para os judeus da época de Moisés e, em parte, para os judeus de hoje. Por exemplo, não comer carne suína e de camelo, e lavar as mãos antes das refeições. Todos nós nascemos com as leis divinas (Decálogo) já gravadas na nossa consciência, como o Quinto Mandamento que proíbe matar.

As leis mosaicas são uma espécie de constituição do povo judeu da época de Moisés.

Uma boa parte delas tem a ver com a questão da saúde pública do povo judeu e com os seus deveres e direitos. Hoje, a maior parte delas não é mais seguida pelos judeus. Porém há cristãos, principalmente os evangélicos que, ainda hoje, se preocupam mais com o seguimento das leis mosaicas, que são 613, do que com as leis divinas, mais presentes no Novo Testamento. Uma das leis mosaicas é a do Deuteronômio capítulo 18, em que Moisés proíbe o contato com os espíritos dos mortos. É que as pessoas que se ocupavam dos contatos com os espíritos faziam isso comercialmente, o que é um grande erro, já que o dom mediúnico nos é dado gratuitamente e deve ser dado também gratuitamente. Ademais, O povo era muito ignorante, não conhecendo nada de mediunidade, sem a qual não se conseguem contatos com os espíritos, surgindo assim os enganadores do povo, dizendo-se profetas ou médiuns sem o serem.

Em Números 11: 24-30, Moisés elogia Heldade e Medade por estarem recebendo espíritos e profetizando. É que ele sabia que os dois eram mesmo profetas ou médiuns honestos e não cobravam pela sua mediunidade. E os dois demonstram-nos que as profecias são mesmo feitas por espíritos através dos profetas ou médiuns. E, assim, temos, pois, dois profetas: o espírito manifestante, que deve ser examinado (1 João 4:1), e o profeta ou médium, que deve ser íntegro e devotado, para que não sejamos enganados com falsas profecias. Os espíritos dos profetas (espíritos) são subordinados aos profetas (médiuns). (1 Coríntios 14:32). E observemos que o Novo Testamento não proíbe a comunicação com os espíritos, e que próprio Jesus se comunicou com os espíritos de Elias e Moisés na Transfiguração. Aliá, se Moisés proibiu o contato com os espíritos dos mortos, é porque esse contato existe mesmo!

E se nós devemos distinguir os espíritos bons dos maus (1 João 4:1), devemos distinguir também as leis divinas das mosaicas, entre as quais há um abismo!


“Transição” na Rede TV, aos domingos, às 16h15. E na Rede Mundo Maior, por antena parabólica digital e pelo www.redemundomaior.com.br, “Presença Espírita na Bíblia”, às quintas-feiras, às 20h, com reprise aos domingos, às 23h, apresentado por este colunista.

Na Rede TV, aos domingos, às 16h15, o programa espírita Transição. E no www.redemundomaior.com.br e por antena parabólica digital, o “Presença Espírita na Bíblia”, apresentado por este colunista, às 20h das quintas-feiras e às 23h dos domingos.

Parabéns ao jornal O TEMPO, por ser o quality paper mais vendido nas bancas de Minas Gerais.

Pela Rede Mundo Maior de TV e TVCEI, às quintas-feiras, às 20h, o programa “Presença Espírita na Bíblia”, apresentado por este colunista de O TEMPO, de Belo Horizonte, e reprisado aos domingos, às 23h, horário de Brasília. Para perguntas e sugestões: penb@redemundomaior.com.br e rede@redemundomaior.com.br

Aos domingos, na Rede TV, às 16h15, o programa espírita Transição.

Obs.: Esta coluna, de José Reis Chaves, às segundas-feiras, no diário de Belo Horizonte, O TEMPO, pode ser lida também no site www.otempo.com.br Clicar o item “TODAS AS COLUNAS”. Podem ser feitos comentários abaixo da matéria sobre ela e outros comentários. Ela está liberada para publicações. Ficarei grato pela citação nelas de meus livros: “Presença Espírita na Bíblia“, Ed. Chico Xavier em Parceria com a Ed. Sinal Verde, SP; “A Face Oculta das Religiões”, Ed. EBM, SP; “A Reencarnação na Bíblia e na Ciência”. Ed. EBM, SP; “O Espiritismo Segundo a Bíblia”, Ed. e Distribuidora de Livros Espíritas Chico Xavier, Santa Luzia, MG; e “A Bíblia e o Espiritismo”, Ed. Espaço Literarium, Belo Horizonte, MG, www.literarium.com.br

Meus livros podem ser adquiridos comigo: Telefone (31) 3373-6870 Email: jreischaves@gmail.com com a Ed. Chico Xavier, www.editorachicoxavier.com.br Telefone: 0800-283-7147, a Ed. Sinal Verde: www.sinalverdelivros.com.br Telefone:

(11) 2409-1540, e com a Ed. EBM www.ebmeditora.com.br Telefone (11) 3186-9766.

José Medrado - Editorial

Cristina Barude - Psicografia

Eventos

Auxílio Espírita

Colunistas

Artigos relacionados

Mergulho nas profundezas de si mesmo - Psicografada em 25/10/18

O encontro consigo mesmo é uma das maiores e mais fascinantes aventuras! Co...
Leia Mais

Gentileza sem cor - 26/11/18

Marisa Montes em sua música, Gentileza, inicia dizendo que “Apagaram tudo//...
Leia Mais

Outrora, ser Papa era uma satisfação, hoje, pode ser uma aflição!

No passado, ser papa era bem mais fácil do que hoje. Isso porque as pessoas...
Leia Mais

Massa de manobra - 04/06/18

Nesta manhã de segunda-feira (4), lendo aqui no BNews a manifestação de Líd...
Leia Mais