FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

Libertação da alma - 14/06/18


Que a luz radiosa do sol da manhã seja um bálsamo para os corações aflitos que habitam a Terra. Que esta luz aqueça as almas em prova e que as provas sejam vistas como oportunidades de atingir um patamar mais elevado na caminhada evolutiva de cada um.

Que a fé seja o sustentáculo nos dias escuros, como um candeeiro que acompanha o viajor pelas estradas íngremes e perigosas. Que a certeza de onde se quer chegar seja a bússola a guiar os passos.

Que a crença em si e no mais Alto fortaleça o espírito, trazendo a certeza de que é possível chegar.

E, enquanto os dias passam na Terra, uma legião de espíritos de alta estirpe acompanha amorosamente a caminhada daqueles que adotaram como filhos. Sentindo esta guiança, os habitantes da Terra sentem-se mais seguros e confiantes. O peso da bagagem fica mais leve, os riscos parecem menores. Afinal tudo é uma questão de ponto de vista.

Na certeza de que a jornada terrena é necessária, os filhos da Terra prosseguem ora firmes, ora vacilantes, ora colhendo os louros das vitórias conquistadas, ora cambaleantes, colhendo os resultados de suas ações nem sempre louváveis. Mas, por conhecerem as leis de causa e efeito, não desanimam. Reconhecem os erros, perdoam-se e prosseguem a viagem rumo à luz.

Que a libertação da alma seja o grande objetivo de cada um. A liberdade silenciosa, aquela que é sem precisar dizer que é. Aquela que prescinde da aprovação do mundo para seus feitos, porque seu grande objetivo é ter a aprovação dos planos superiores da vida.

E, em nome desta liberdade, que conclamamos os homens da Terra a voltarem seus olhos para sua verdadeira pátria. Na realidade, sois filhos da eternidade e é para lá que retornarão com as riquezas da bagagem espiritual adquirida na experiência terrena.

Luz e paz!
Maria Rosa

(mensagem psicografada pela médium Cristina Barude, Salvador, 14.06.18)

José Medrado - Editorial

Cristina Barude - Psicografia

Eventos

Auxílio Espírita

Colunistas

Artigos relacionados

Gentileza sem cor - 26/11/18

Marisa Montes em sua música, Gentileza, inicia dizendo que “Apagaram tudo//...
Leia Mais

Mergulho nas profundezas de si mesmo - Psicografada em 25/10/18

O encontro consigo mesmo é uma das maiores e mais fascinantes aventuras! Co...
Leia Mais

Os caminhoneiros e nós - 28/05/18

Estamos vendo, ainda que como menos força, a paralização dos caminhoneiros ...
Leia Mais

Não entendi, juro - 21/05/18

Vi uma publicação no Diário do Estado da Bahia, de 20 de abril do ano em cu...
Leia Mais