FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

Chega-se a Deus pelo Cristianismo, mas também pelo Orientalismo


Hoje, em certas regiões do Ocidente, as religiões orientais se equiparam com o cristianismo em número de fiéis. E no Oriente, apesar de o cristianismo contar também com os protestantes, evangélicos e espíritas, infelizmente, ele é um bloco religioso de pouca importância.

Os bispos, padres e pastores diante de verdades bíblicas, milenares, universais e incontestáveis como o contato com os espíritos e a reencarnação, instruídos, cultos e inteligentes que, geralmente, eles o são, muitos deles creem nisso, mas fingem que não! E o dogma certo da Comunhão dos Santos nunca é comentado pelos padres em seus sermões, pois descobriram que ele envolve o espiritismo ou o contato entre os fiéis e os espíritos humanos bons ou santos, aos quais os católicos pedem ajuda e graças, enquanto os que não são tão santos são ajudados pelos fiéis com preces e missas. A Comunhão dos Santos, realmente, é uma comunicação entre os espíritos encarnados e desencarnados.

Com razão, pois, Bento XVI afirmou que existe hipocrisia na Igreja. Muitas autoridades dela de fato dão a entender que creem ou não em certas doutrinas, porque elas são obrigadas a assim agirem diante de seus superiores e os fiéis “beatos”, o que se pode dizer também de muitos pastores.

E A Igreja tirou a reencarnação, que é bíblica, da sua doutrina, no Concílio Ecumênico de Constantinopla (553), e criou a ressurreição do corpo, que é contrária à Bíblia. (1 Coríntios 15: 44; 15: 50; são Mateus 22:30; e Eclesiastes 12: 7).

Cada vez mais, os católicos cultos vão descobrindo as verdades bíblicas e, infelizmente, abandonando a Igreja. E esse é também o destino dos fiéis das igrejas protestantes e evangélicas, pois, um dia, eles chegarão também à verdade.

Outra questão complicada também na Igreja é o celibato obrigatório dos padres. O novo papa terá, pois, que ser corajoso para rever algumas doutrinas católicas seculares que são insustentáveis para o Terceiro Milênio, ou então, a Igreja vai continuar em declínio.

Por que as igrejas estão ficando vazias e com freqüência mais de pessoas idosas e simples? A Igreja tem promovido eventos envolvendo jovens para tentar encobrir essa melancólica realidade, que só não vê quem não quer ver. Calha bem aqui o conhecido dito: “O pior cego e o pior surdo são aqueles que não querem ver nem ouvir!” E uma crença religiosa frágil deixa de ser um suporte contra a imoralidade e a corrupção!

Outro dito milenar diz “Lux ex oriente” (“A luz vem do Oriente”). E a verdade é que as religiões orientais reencarnacionistas e outras salvam também, pois, em sua essência, todas elas equivalem ao cristianismo. Por isso, a Igreja até aposentou aquela sua absurda frase, que era fruto do ego das suas autoridades, e que, infelizmente, foi herdada pelos nossos irmãos evangélicos: “Fora da Igreja não há salvação”. Que contraste com esta espírita verdadeiramente cristã e oriental: “Fora da caridade não há salvação!”

Na Rede Mundo Maior, por parabólica, satélite digital Brasilsat C2 (antigo B1), “Presença Espírita na Bíblia”, com Celina e este colunista, nas quintas-feiras, às 20h, com reprise nos domingos, às 23h. Para suas perguntas e sugestões: penb@redemundomaior.com.br E, na Rede TV, o “Transição”, aos domingos, às 16h15 e outros horários da madrugada.

José Medrado - Editorial

Cristina Barude - Psicografia

Eventos

Auxílio Espírita

Colunistas

Artigos relacionados

Mergulho nas profundezas de si mesmo - Psicografada em 25/10/18

O encontro consigo mesmo é uma das maiores e mais fascinantes aventuras! Co...
Leia Mais

Gentileza sem cor - 26/11/18

Marisa Montes em sua música, Gentileza, inicia dizendo que “Apagaram tudo//...
Leia Mais

Outrora, ser Papa era uma satisfação, hoje, pode ser uma aflição!

No passado, ser papa era bem mais fácil do que hoje. Isso porque as pessoas...
Leia Mais

O futuro todos serão bem-aventurados ou bem felizes

Numa coluna anterior, abordei Deus. E disse que os teólogos usam muito a fr...
Leia Mais