FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

Espiriticamente, como se explicaria a tragédia de Santa Maria?


Há pessoas dizendo que a tragédia de Santa Maria foi porque as vítimas faziam culto ao diabo.

Em que as vítimas teriam prejudicado Deus, imutável que é, para que Ele se vingasse deles, seus pais, irmãos, amigos, colegas e todo o Brasil? Esse conceito antigo e mitológico de Deus dessas pessoas cria ateus, conceito esse que está longe do de Deus Amor e Pai ensinado por Jesus!

O pecado está para Deus como o crime está para a lei. O pecado é contra Deus, mas é o nosso próximo que sofre, e, por conseqüência, o autor do pecado. E o crime é contra a lei, mas é a vítima que sofre. Aliás, se Deus sofresse com o pecado, Ele seria o ser mais infeliz. Mas mesmo que Deus sofresse com o pecado, por ser Ele Amor (1 João 4: 8), jamais Ele se vingaria de alguém.

A lei de causa e efeito (carma, lei da reciprocidade, do retorno etc.) é inexorável. Ela está na Bíblia e em todas as outras escrituras sagradas e não é castigo de Deus, pois somos nós mesmos que a manipulamos com o nosso livre-arbítrio. E essa palavra castigo deriva-se do verbo latino “castigare” (purificar). Daí também o vocábulo castidade (pureza). Mas ninguém deixará de pagar tudo até o último centavo. (Mateus 5: 26). Porém colhido todo o seu mal semeado, o semeador fica purificado e não vai pagar mais nada, o que joga por terra, totalmente, as chamadas “penas eternas”. E há outra maneira de nós nos purificarmos: fazendo o bem. “Uma boa ação encobre multidão de pecados.” (1 Pedro 4:8). “Perdoados lhe são seus muitos pecados, porque ela muito amou.” (Lucas 7: 47). Vale a pena, pois, nós nos purificarmos com a prática do bem. E jamais há um determinismo inevitável de sofrimento, pois o nosso livre-arbítrio pode mudar as coisas. E “quem não for pelo amor, vai pela dor.” (Dito espírita).

A lei de causa e efeito é uma disciplina que nos ajuda em nossa evolução moral, pois, com ela, vamos aprendendo que vale mesmo a pena praticarmos o Evangelho ou a Doutrina Espírita, cuja moral é a mesma do excelso Mestre. E a colheita não é só de dor, mas também de felicidade. Há também o chamado carma-crédito, isto é, aquele em que o indivíduo sofre sem culpa, o que se torna um crédito para ele em sua caminhada evolutiva. É possível, pois, que haja entre as vítimas de Santa Maria, as quais, antes de reencarnarem, possam ter escolhido aquela prova de carma-crédito, com o objetivo de acelerarem sua evolução, o que se pode aplicar também aos seus entes queridos sofredores. O sofrimento de Jesus é um exemplo disso que O glorificou diante de Deus. (Lucas 24: 26). E esse carma- crédito é até um dos motivos por que Jesus nos ensinou que não devemos julgar ninguém.

E não concluamos de tudo isso que Deus goste de nosso sofrimento, pois Ele não é sádico! “Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele dano; mas esse mesmo será salvo, todavia, como que através do fogo.” (1 Coríntios 3:15). Apenas há a colheita do sofrimento na contabilidade da justiça divina cármica, o que nos purifica e nos faz lembrar-nos do Purgatório e da Doutrina da Satisfação da Teologia Católica. E purificado o espírito, ele se torna plenamente feliz!


Na Rede Mundo Maior, por parabólica digital, aberta, Sky, a cabo e internet, “Presença Espírita na Bíblia” com este colunista. (Aguardemos os horários para 2013). www.redemundomaior.com.br Para seu contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. E na Rede TV, o “Transição”, de que participo, aos domingos, às 16h15, e nas segundas-feiras, à 1h45.

Parabéns ao jornal O TEMPO, por ser o quality paper mais vendido nas bancas de Minas Gerais.

Obs.: Esta coluna, de José Reis Chaves, às segundas-feiras, no diário de Belo Horizonte, O TEMPO, pode ser lida também no site www.otempo.com.br Clicar o item “TODAS AS COLUNAS”. Podem ser feitos comentários abaixo da matéria sobre ela e outros comentários. Ela está liberada para publicações. Ficarei grato pela citação nelas de meus livros: “Presença Espírita na Bíblia“, Ed. Chico Xavier em Parceria com a Ed. Sinal Verde, SP; “A Face Oculta das Religiões”, Ed. EBM, SP; “A Reencarnação na Bíblia e na Ciência”. Ed. EBM, SP; “O Espiritismo Segundo a Bíblia”, Ed. e Distribuidora de Livros Espíritas Chico Xavier, Santa Luzia, MG; e “A Bíblia e o Espiritismo”, Ed. Espaço Literarium, Belo Horizonte, MG, www.literarium.com.br

Meus livros podem ser adquiridos comigo: Telefone (31) 3373-6870 Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com a Ed. Chico Xavier, www.editorachicoxavier.com.br Telefone: 0800-283-7147, a Ed. Sinal Verde: www.sinalverdelivros.com.br Telefone:

(11) 2409-1540, e com a Ed. EBM www.ebmeditora.com.br Telefone (11) 3186-9766.

Outros colunistas de O TEMPO: Miriam Leitão, Vittorio Medioli, Arnaldo Jabor, Dora Kramer, Laura Medioli, João Batista Libânio (teólogo Jesuíta), Elio Gaspari, Xico Sá, Luiz Carlos Bernardes, Torquato (USP), Luiz Aureliano, Gilda de Castro, Manoel Lobato, Robson Damasceno Reis, Teodomiro Braga, Ana Elizabeth Diniz, Trigueirinho, Leonardo Boff, José Dirceu (ex-ministro do Lula), Tostão, Paul Krugman (Colunista do “The New York Times” e Prêmio Nobel de Economia em 2008) e outros.

José Medrado - Editorial

Cristina Barude - Psicografia

Eventos

Auxílio Espírita

Colunistas

Artigos relacionados

Ainda no espiritismo os agêneres com as suas variantes congêneres

Leave review
Por causa de dúvidas sobre os agêneres entre leitores desta coluna de O TEM...
Leia mais

Liberdade! Liberdade! Abre as asas sobre nós - 23/07/18

Leave review
Entendo que arte é tudo aquilo que nasce da livre manifestação da criação h...
Leia mais

Mergulho nas profundezas de si mesmo - Psicografada em 25/10/18

Leave review
O encontro consigo mesmo é uma das maiores e mais fascinantes aventuras! Co...
Leia mais

Cultivo do Ódio - 10/09/2018

Leave review
A psicologia social afirma que o ódio está para os seres humanos, da mesma ...
Leia mais