FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

Estudo como dever - Espírito: Emmanuel


Estudo como dever

Compreendamos, assim, nas Instituições do Espiritismo, que restauram o Evangelho para a atualidade, o Culto do Estudo Edificante como simples dever.
Todos detemos conosco graves lições:

O estilete da angústia na própria alma...
A expiação em família...
A moléstia humilhante...
A inibição aflitiva...
A inadaptação social...
A trama da obsessão...
A esperança frustrada...

Buscar sistematicamente o alívio de uma hora, sem penetrar a essência da dor, é o mesmo que adquirir panacéias de ilusão e adotar a irresponsabilidade como norma de vida.

Por isso mesmo, é indispensável sacudir o marasmo do conformismo nos recessos do próprio ser, ficando a observação em linhas renovadoras da emotividade e do pensamento para que se elevem nossas percepções e concepções, no rumo do progresso.

Para isso, é imprescindível que o Estudo nos favoreça, porquanto a existência é passo da evolução em que o Conhecimento é Pão do Espírito, quanto o pão material é sustento do corpo.

Estudo sem ostentação de saber.
Estudo sem paranóia intelectual.
Estudo para trabalho incessante.
Estudo como hábito nobre nos domínios da cooperação e do entendimento.

Pelo Espírito Emmanuel.
Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Doutrina Escola. Lição nº 12. Página 65.

José Medrado - Editorial

Cristina Barude - Psicografia

Eventos

Auxílio Espírita

Colunistas

Artigos relacionados

Mergulho nas profundezas de si mesmo - Psicografada em 25/10/18

O encontro consigo mesmo é uma das maiores e mais fascinantes aventuras! Co...
Leia Mais

Gentileza sem cor - 26/11/18

Marisa Montes em sua música, Gentileza, inicia dizendo que “Apagaram tudo//...
Leia Mais

Mente serena e confiança! - Psicografada em 09/08/18

As campinas verdes do jardim do teu coração prenunciam os ventos da esperan...
Leia Mais

O futuro todos serão bem-aventurados ou bem felizes

Numa coluna anterior, abordei Deus. E disse que os teólogos usam muito a fr...
Leia Mais